segunda-feira, 30 de maio de 2011

Prisioneiro



Hoje percebo que tenho vivido mais no passado que no presente.
Sonhar já não é possivel,pois era com você que eu sonhava,era com você que meus sonhos
se tornavam realidade.
Meus pensamentos estão no meu passado mais profundo,onde não adianta eu procurar eu não acho uma luz,ou simplismente estou cego,por isso não a enxergo.
Procurar por um outro alguém é tão difícil quanto ganhar na loteria.
Tudo que eu tento ver em outra,é o seu sorriso,o modo de como você me olhava,de como mexia no seu cabelo quando estava comigo.
Parece impossível tentar viver,já que se tento volto aos tempos em que eu tinha você,mas desse tempo só consigo viver os meus erros,e você nunca chega para me salvar deles,então desisto,volto pra escuridão,submerso em meu passado de tristezas.
Espero pacientemente o dia em que você me deixará ir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário